Tribunal confirma despedimento de educadora que deixou criança a chorar na sanita. Concordas?

 

Uma criança com idade entre os dois e os três anos, foi deixada sentada numa sanita para adultos, com as duas mãos apoiadas para não cair e a boca cheia de papel higiénico, para não fazer barulho ao chorar.

O Tribunal da Relação do Porto confirmou o despedimento de uma educadora de infância, os factos em causa ocorreram no dia 22 de janeiro de 2020.

Tribunal confirma despedimento de educadora que deixou criança a chorar na sanita. Concordas?

Justifica a tua opinião