in

O ego que as redes sociais nos deram e que agora não vivemos sem ele

Toda a gente tem sempre alguma coisa para dizer ou para  ensinar, neste mundo (im)perfeito das redes sociais.

Não passam todos de meros treinadores de bancadas. Metem o nariz em toda a nossa vida e nos fartamo-nos de meter o nariz na vida dos outros.

Andamos constantemente ligados a vidas que não nos dizem nada, mas que de alguma forma nos preenchem e nos fazem sentir melhor, porque não temos que pensar na nossa.

Em tempos transformamos as nossas vida imperfeitas, em vidas super desejáveis aos olhos dos outros, hoje apelamos às vidas reais de um mero mortal.

Foram tantos os post’s que apelaram à roupa perfeita, à paisagem perfeita, à combinação do prato com as cores da comida juntamente com a decoração da mesa e do ambiente, que hoje uma simples foto tirada de qualquer jeito já não serve.

Mas como ninguém consegue manter uma vida perfeita o tempo todo, se antes o perfeito era o que estava na moda hoje o real é que está na moda. Mas o que é ser real afinal?

Pessoas que “adoram” a nossa vida de rede social e que ao mesmo tempo nos crucificam se na rua não estamos tão plenos com nos veêm no feed do Instagram.

Se hoje todos opinam sobre a nossa vida foi porque em algum momento demos liberdade para que isso acontecesse, porque depois de um dia mau, ter aquela foto com uns bons likes dá logo uma nova animação.

É esse encher de ego que nós procurámos um dia e que hoje já não vivemos sem ele. Porque mesmo na era de pessoas reais tem sempre que haver um filtro para dar mais cor à vida de cada um.

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

2 pontos
Upvote Downvote

Publicado por Inês Rocha

Por entre as palavras que escrevo podes conhecer um pouco mais de mim. Gosto de escrever sobre os mais variados temas e espero que acompanhes as minhas publicações aqui no Opinantes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

COMENTE ESTA OPINIÃO!

Troca de fogo entre a faixa de Gaza e Israel

Sou do Benfica, mas hoje apetece-me falar do Sporting

Sou do Benfica, mas hoje apetece-me falar do Sporting