in

Nem tudo o que perdes é uma perda

Quantas vezes já deste por ti a achar que perdeste alguma coisa para sempre? Que já não vais saber “viver” sem isso? Ou que não vais encontrar nada que iguale essa perda? Quantas vezes?

E se te disser que “nem tudo o que perdes, é uma perda”? Pode ser um ganho, uma experiência ou até uma lição de vida. Cabe-te a ti decidir o caminho que queres para essa suposta perda.

Há coisas na vida que se vão embora por alguma razão. Para que te tornes numa pessoa melhor. Ou para te mostrar que as coisas acontecem porque têm de acontecer, e que te vão levar a outro caminho. Cabe-te a ti transformares essa perda, em algo positivo.

Por exemplo, as pessoas que partem da nossa vida, geralmente são as melhores pessoas que já conhecemos e são as que nos deixam mais cedo, e que nos custa imenso ficar sem essas pessoas. Mas já pensaste que essas pessoas tinham uma missão? E que a missão dela era conseguir com que te tornasses numa pessoa melhor e mais forte?

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

0 pontos
Upvote Downvote

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

COMENTE ESTA OPINIÃO!

O preço da Paz em Portugal

O rosto dos portugueses da Diaspora – 1