in

Estados Carrascos – Pena de Morte

Estados Carrascos - Pena de Morte

O “Relatório Global sobre Sentenças de Morte e Execuções em 2017” regista que a maior parte das execuções se dão no Médio Oriente e no Norte de África. Segundo o relatório 90% das execuções realizam-se na região (847 das 933 mundialmente conhecidas: 507 no Irão e 146 na Arábia Saudita).

Amnistia Internacional acredita que na China são milhares de executados, mas na China as execuções são segredo de Estado.

Em 2017 foram registadas pelo menos 2 591 sentenças de morte em 53 países. Actualmente há 21 919 pessoas condenadas à pena de morte no mundo inteiro.

Em 20 países da África subsariana foi abolida a pena capital! O respeito pela humanidade vai crescendo no mundo.

António da Cunha Duarte Justo In Pegadas do Tempo

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

Publicado por António da Cunha Duarte Justo

Natural de Arouca, formado em Filosofia, Teologia, e Ciências da Educacao, casado com a pintora Carola Justo, 4 filhos, jornalista, (activi.profis. sindicalistas e políticas, cf. http://antonio-justo.eu). Autor e ex-chefe redator da revista Gemeinsam, publicou o livro de poesias “Nas pegadas da Poesia” na OxaláEditora, colaborador de várias revistas e jornais, é presidente da Associação Arcádia.

Deixe uma resposta

As assembleias municipais não têm de ser os "eunucos do poder local"

As assembleias municipais não têm de ser os “eunucos do poder local”

Sobre a insensibilidade do MP nos casos de violência doméstica!