in

Estados Carrascos – Pena de Morte

Estados Carrascos - Pena de Morte

O “Relatório Global sobre Sentenças de Morte e Execuções em 2017” regista que a maior parte das execuções se dão no Médio Oriente e no Norte de África. Segundo o relatório 90% das execuções realizam-se na região (847 das 933 mundialmente conhecidas: 507 no Irão e 146 na Arábia Saudita).

Amnistia Internacional acredita que na China são milhares de executados, mas na China as execuções são segredo de Estado.

Em 2017 foram registadas pelo menos 2 591 sentenças de morte em 53 países. Actualmente há 21 919 pessoas condenadas à pena de morte no mundo inteiro.

Em 20 países da África subsariana foi abolida a pena capital! O respeito pela humanidade vai crescendo no mundo.

António da Cunha Duarte Justo In Pegadas do Tempo

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

Publicado por António da Cunha Duarte Justo

Natural de Arouca, formado em Filosofia, Teologia, e Ciências da Educacao, casado com a pintora Carola Justo, 4 filhos, jornalista, (activi.profis. sindicalistas e políticas, cf. http://antonio-justo.eu). Autor e ex-chefe redator da revista Gemeinsam, publicou o livro de poesias “Nas pegadas da Poesia” na OxaláEditora, colaborador de várias revistas e jornais, é presidente da Associação Arcádia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As assembleias municipais não têm de ser os "eunucos do poder local"

As assembleias municipais não têm de ser os “eunucos do poder local”

Sobre a insensibilidade do MP nos casos de violência doméstica!