in

Do Cinismo do Governo Turco contra os Cristãos

2.750 Mesquitas na Alemanha, mas Proibição de construir Igrejas na Turquia a Católicos e Protestantes

Na Turquia não há liberdade de religião. Os cristãos têm uma identificação especial no seu bilhete de identidade para que lhes sejam impossibilitadas posições mais elevadas na política, administração e militares. Bíblias e outra literatura cristã não podem ser distribuídas nas ruas, não pode haver festivais de rua cristãos etc.  Na Alemanha há liberdade religiosa, os políticos fomentam a construção de Mesquitas e o ensino muçulmano nas escolas. Ao contrário, na Turquia todos os alunos são obrigados a frequentar o ensino religioso muçulmano. Porque não se importam os políticos europeus por estabelecimento de reciprocidade também em questões religiosas? Deste modo haveria o fomento e a compensação de tolerâncias nos respectivos países.

Depois de 100 anos, a Turquia também ainda não reconhece os Arameus ortodoxos cristãos como minoria, permitindo-lhe apenas agora a construção de uma Igreja em Istambul (Constantinopla) mas concretamente impossibilitando tal.

Das 100 parcelas de terreno onde seria possível a sua construção, as autoridades turcas fizeram uma proposta peçonhentada. Istambul disponibilizou para a construção da igreja precisamente um cemitério católico. Uma afronta à Igreja católica. A propriedade tinha sido dada de herança à igreja católica em 1868 por um paroquiano, mas em 1950 o Estado apoderou-se dela, encontrando-se desde então fechada. Desde a fundação da Turquia houve perseguição sistemática aos cristãos e hoje há pelo menos discriminação.

Por outro lado, a Igreja Católica espera desde há dez anos pelo cumprimento da promessa de Erdogan de autorizar à Igreja Católica a restauração da Igreja de S. Paulo em Tarso ou, pelo menos, construir uma igreja ao lado desse local histórico. A Turquia não reconhece a igreja como pessoa jurídica colectiva, o que possibilita às autoridades apresentar sempre questões de propriedade e questionar a existência de comunidades.

Católicos e Protestantes não podem construir Igrejas na Turquia enquanto que muçulmanos podem fazê-lo livremente na Alemanha. Para comparação: na Alemanha existem 45.000 igrejas cristãs, 130 sinagogas e 2.750 Mesquitas.

 

A maioria aramaica é constituída por cristãos ortodoxos. 50.000, emigraram da Turquia para a Europa; 3.000 permanecem na Turquia.

 

António da Cunha Duarte Justo in, Pegadas do Tempo

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

Publicado por António da Cunha Duarte Justo

Natural de Arouca, formado em Filosofia, Teologia, e Ciências da Educacao, casado com a pintora Carola Justo, 4 filhos, jornalista, (activi.profis. sindicalistas e políticas, cf. http://antonio-justo.eu). Autor e ex-chefe redator da revista Gemeinsam, publicou o livro de poesias “Nas pegadas da Poesia” na OxaláEditora, colaborador de várias revistas e jornais, é presidente da Associação Arcádia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

COMENTE ESTA OPINIÃO!

A desvalorização da ciência no Brasil

A culpa vai continuar a morrer solteira?