in

“Black Friday” o dia em compramos o que não precisamos

Antes de mais nada a Black Friday foi criada nos Estados Unidos da América, actualmente são cerca de 15 os países que aderiram. A Black Friday consiste em super descontos, pele menos assim devia ser. Mas todos sabemos que nem sempre é assim. Mas há algo que me intriga bastante, é ouvir as pessoas dizer que pouparam 150€ na compra de um frigorífico que fala e te ajuda a fazer o jantar, a verdade é que não pouparam 150€ mas sim gastaram mil e qualquer coisa por um mono que ao fim de 10 dias vão estar fartos de ouvir.”Joana, já fizeste batatas fritas ontem a nutricionista do Miguel não vai gostar.” que se lixe a nutricionista;”A enviar mensagem a nutricionista do Miguel.”

Para esclarecer, poupar 150€ é ficar com 150€ no bolso, piggy bank na meia no fundo do armário o que for, a não ser que compres algo que já ias comprar e precisavas não poupaste 150€. Gastaste foi o valor total que pagaste, nada mais. Foi mais barato? foi, mas não poupaste nada. Poupavas sim se não comprasses  o que não precisavas em primeiro lugar e metesses esse dinheiro numa das opções acima assinaladas.

Vejam este video para contextualizar:

Eu não tenho nada contra a blackfriday sem ser a falsidade das lojas. A blackfriday americana faz sentido porque têm descontos absurdos, já a nossa parece mais uma forma de atrair pessoas e aumentar as vendas apesar dos descontos serem descontos normais. O que acaba por aparecer noutra altura do ano e sem o risco de seres pisado e empurrado vezes sem conta. Isto em Portugal, já os nossos amigos americanos chegam mesmo a matarem-se, quer disser, a morrerem esmagados, até que se justifica porque lá encontras preços fora do comum.

Resumindo, compraste um corta relva que estava a 50% desconto e moras num apartamento, boa sorte a vende-lo no olx, caso o teu corta relva estivesse a dar as ultimas e precisasses de um para cortares a relva para conseguires ver o teu yorkshire no meio da relva, bom negocio.

Também gostaria de publicar o seu artigo de opinião no nosso site? Clique aqui.

Vote nesta opinião

0 pontos
Upvote Downvote

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

COMENTE ESTA OPINIÃO!

Não sentes que hoje em dia és cada vez mais criticada?

História de Portugal e do Posto Consular num quadro