in

André Ventura defende que “classe média” também deve receber apoio de 240 euros

O presidente do Chega apelou ao Governo para que inclua a classe média no apoio extraordinário de 240 euros.

André Ventura propõe que sejam abrangidas as famílias que tiveram “um aumento acima dos 30% da prestação da casa e a taxa de esforço ultrapassa os 40% face ao rendimento do agregado”.

O apoio começa a ser pago já no dia 23 de dezembro, até ao final do ano.

Concorda com o apelo do presidente do Chega?

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Italianos apontam José Mourinho como novo treinador da Seleção Nacional

Aprovada subida do salário mínimo nacional e apoio extraordinário de 240 euros